A VOLTA DA POCHETE E COMO USA-LÁ?

quarta-feira, 25 de outubro de 2017 |
Que a pochete foi uma forte tendência dos anos 90, isso nós podemos negar! Já mostravam as fotos antigas de família né? Elas não nos deixam mentir!
Elas foram voltando aos poucos e hoje já se tornou novamente uma forte tendência da qual já podemos ver bastante por ai. Acompanhando as fashionistas de plantão, já podemos ver o quanto esse item pode ser um poderoso aliado para as produções.
Claro, que essa volta não irá agradar a todos, confesso que até eu mesma não sei se me adaptaria as pochetes, mas acredito que seja um jeito muito mais prático para nós mulheres de sair sem preocupação de perder a bolsa né? rs

Por isso, separei algumas inspirações de looks e ideias de como usar as pochetes! Será que a ideia muda? Olha só:


Com um visual mais renovado e moderno, das mais delicadas até as mais chamativas, assim como todo acessório de moda, a pochete também tem suas opções, para as mais recatadas e básicas, pode ser usado o modelo mini, quase do tamanho de uma carteira, nesse caso ela nos permite carregar apenas o que realmente for necessário e essencial.


Diferente da época em que surgiu, agora existem muitos modelos de pochetes, desde as mais básicas até as mais chamativas com paetês, cores divertidas e fortes, inclusive de bichinhos, desenhos e muito mais! Essas já são as escolhas para as mais descoladas e antenadas nas tendências, são ótimas escolhas para festivais, festas de carnavais e etc. Não seria perfeito poder curtir sua festa, tirar fotos e ainda estar na moda sem se preocupar com bolsa ou celular na mão? Confesso que por esse lado a pochete já esta me ganhando.


A dica para começar a usar a peça é escolher um modelo menor, sem muitos detalhes, e combiná-la com um look mais básico e que os dois casem na combinação. Escolha o modelo que melhor se encaixa com sua personalidade.

Usada com saias, jeans, macacões, shorts e vestidos, o bom desse acessório e que ele nos permite diferentes ideias de combinações com ele.
Gostaram?

0 comentários

Postar um comentário